Notícias de Trás-os-Montes e Alto Douro

Orgão da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa

Archive for the ‘Livros’ Category

Trás-os-Montes: mosaico de ciência e cultura

Posted by ntmad em 11 07 2011

Foi recentemente publicada uma obra de enorme valor científico e cultural, a colectânea Trás-os-Montes: Mosaico de Ciência e Cultura. Nela colaboram grandes vultos da cultura da nossa região natural, como se pode ver na lista abaixo.
A obra vai ser apresentada:
– no dia 14 de Julho, pelas 19 horas na Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa;
– no dia 16 de Julho, pelas 15,30 horas, na Casa de Trás-os-Montes do Porto; e
– no dia 10 de Setembro, pelas 18,30 h, na Praça Augusto Moreno, em Lagoaça.
Vimos convidá-la (o) a estar presente na primeira apresentação da obra que ocorrerá na nossa Sede, no Campo Pequeno, 50, 3º Esq., em Lisboa, no próximo dia 14 de Julho, quinta-feira, pelas 19 horas.
A obra será apresentada por três dos seus autores, Adriano Moreira, Almeida Santos e Ernesto Rodrigues. No final do acto de apresentação haverá um convívio onde serão servidos alguns produtos genuínos da nossa região.

 

Anúncios

Posted in Livros | Leave a Comment »

NA FNAC: LANÇAMENTO DE “PATRIMÓNIO IMATERIAL DO DOURO”

Posted by ntmad em 20 02 2011

No próximo dia 24 de Fevereiro realiza-se na FNAC do Centro Comercial Vasco da Gama, em Lisboa, o lançamento do 2º volume da obra, de Alexandre Perafita PATRIMÓNIO IMATERIAL DO DOURO, editada pela Âncora Editora, com o apoio do Museu do Douro.

Posted in A Nossa Terra, Livros, Património material | Com as etiquetas : , , , , | Leave a Comment »

Academia de Letras de Trás-os-Montes já no proximo mês

Posted by ntmad em 25 05 2010

Foi anunciado, pelo presidente da Câmara Municipal de Bragança, o projecto de constituição da Academia de Letras. O município quer congregar um conjunto de naturais da terra com obra reconhecida a nível nacional, na Academia de Letras de Trás-os-Montes.
Na abertura da Mascararte, Jorge Nunes disse que estava a trabalhar essa ideia e esse projecto no sentido de agregar à volta de uma instituição um conjunto muito significativo de escritores da região de Bragança, que, através da escrita, têm firmado a identidade da sua terra, têm feito um percurso notável, um percurso único na área das letras da investigação.
O presidente da Câmara Municipal de Bragança explicou, então, que esta poderá ser uma oportunidade de reconhecer o trabalho dessas pessoas e de elas se encontrarem para pensarem a região e projectarem nessa reflexão, também o país, o presente e o futuro.
A apresentação da Academia de Letras de Trás-os-Montes – cujos estatutos já estão prontos e pode carregar aqui – está prevista para o próximo dia 12 de Junho, na XXI Feira do Livro de Bragança*.
 ____________________________
*Veja o programa da feira aqui.

Posted in A Nossa Gente, A Nossa Terra, Livros | Com as etiquetas : , | 2 Comments »

Escritores trasmontanos vão ser homenageados

Posted by ntmad em 10 02 2010

Para além de um evento que irá decorrer na FNAC, no dia 25, haverá um almoço de homenagem a Bento da Cruz, Barroso da Fonte e ao Padre Fontes, no dia 27 de Fevereiro (sábado), no Restaurante Quinta Antiga*, no Cacém.

O programa e a ementa, a partir das 12h, são assim:

Entradas: alheira assada e ilharga de vitela grelhada

Prato principal: vitela assada com grelos

Sobremesa: aletria de Barroso e salada de frutas

Queimada das bruxas pelo Padre Fontes e café (produtos exclusivos da região de Barroso)

Animação ao vivo por 2 grupos musicais

Reservas: Carlos Caldas (tlm 919 317 229). Só há lugar para 200 pessoas.

Preço: 20 €

*Morada (B): Estrada Cacém Paço de Arcos, Espaço M – São Marcos (telefone: 214 260 307). 
Ver mapa

Posted in A Nossa Gente, Livros, Poesia e Literatura | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Educação e Desenvolvimento em Trás-os-Montes e Alto Douro

Posted by ntmad em 3 02 2010

Caro (a) Associado (a)

Vamos iniciar no dia 11 de Fevereiro, quinta-feira, pelas 18 horas, um ciclo de palestras/debates, subordinadas ao tema

Educação e Desenvolvimento em Trás-os-Montes e Alto Douro

A Teoria da Aprendizagem SignificativaPretendemos com estas acções cumprir um dos grandes objectivos da CTMAD que é ajudar a valorizar a nossa região. Serão discutidos ao longo destas acções os vários «lugares comuns» da educação e a sua relação com o sucesso educativo e o desenvolvimento da nossa região natural.

Esta pimeira sessão contará com a presença do Prof. Dr. Hermano Carmo, Catedrático da Universidade Aberta e iniciar-se-á com o lançamento de um livro cujo frontespício se mostra ao lado (*). Este servirá de base a uma discussão em torno da aprendizagem que se pretende intelectualmente enriquecedora para os alunos da nossa região.

Contamos com a sua presença. Dê o seu contributo para esta causa.

____________________________________________________________________
* “A Teoria da Aprendizagem Significativa – Sua Fundamentação e Implementação” de Jorge Valadares e Marco António Moreira, Editora Almedina.

Posted in Festas e Eventos, Jorge Valadares, Livros | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

No próximo dia 4 de Fevereiro, lançamento do livro ” Correspondência 1873/1908″ de Trindade Coelho

Posted by ntmad em 2 02 2010

Tal como foi anunciado no nosso jornal, vai ter lugar no dia 4 de Fevº (quinta-feira) pelas 18:00 horas, na sede da CTMAD, o lançamento do livro “CORRESPONDÊNCIA 1873/1908” de Trindade Coelho, apresentado pelo transmontano natural de Vale de Gouvinhas, Mirandela, Prof. Dr. Telmo Verdelho, que é actualmente professor catedrático aposentado da Universidade de Aveiro.
No ano de 2009, centenário da morte dessa grande figura da literatura que foi o escritor mogadourense Trindade Coelho, a nossa Casa colaborou em diversas homenagens, fechando-se agora este ciclo com chave de ouro com a apresentação do referido livro. Trata-se uma jornada de alto nível cultural quer pela obra, da autoria do Dr. Hirondino Fernandes, quer pelo perfil académico do apresentador que, entre outras actividades, foi professor convidado na Universidade de Paris IV (Sorbonne).
Assim, vimos convidá-lo a assistir a esta apresentação que muito dignifica a Casa de Trás-os-Montes, sendo que a sua presença muito contribuirá para o dinamismo que se pretende ver na nossa Casa.
Após a apresentação, seguir-se-á um jantar convívio devendo, caso nos dê o prazer da sua participação, fazer a sua pré inscrição, por e-mail ou  pelo telefone 21 793 93 11 até ao dia 2.

As datas importantes são pois: 

Apresentação do livro: dia 4 de Fevº  pelas 18:00 h.
Inscrição  para o jantar : até às 19 h do dia 2 de Fevº

Posted in Festas e Eventos, Livros | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Sobre o lançamento do livro ” CORRESPONDÊNCIA – 1873/1908 “

Posted by ntmad em 2 02 2010

Organização, leitura e notas Hirondino Fernandes,  

Bragança, Brigantia, 2008-2009. 

  

A publicação da Correspondência de Trindade Coelho, publicada no final de 2009, é um dos mais interessantes acontecimentos literários dos últimos tempos. Oferece um texto fascinante pela beleza da escrita e pela sua riqueza documental. 

Hirondino da Paixão Fernandes (o mais erudito de todos os transmontanos) coligiu, leu e anotou, num opulento volume, 511 missivas escritas por Trindade Coelho, entre 1873 e 1908. Estas cartas preenchem quase todo o percurso existencial do autor (desde os 12 anos até ao fim da vida) e dão testemunho do seu relacionamento com cerca de uma centena de destinatários, entre os quais se encontra um amplo leque dos mais ilustres vultos do horizonte literário e cultural português daquele tempo. 

A correspondência está organizada e distribuída por ordem cronológica e vem acrescentada com índices exaustivos de lugares, pessoas e assuntos, que facilitam a procura dos aspectos que mais podem interessar a cada leitor.  

Percorrendo toda a obra são muitos e bons os motivos que tornam particularmente gratificante a sua leitura. 

Salientam-se, pela sua extensão e importância, as 67 cartas de intenso dramatismo emocional dirigidas à lusitanista alemã Luísa EY (um romance-verdade mais bem escrito do que muitos romances epistolares); 

A reflexão apaixonada sobre a educação e a política educativa, a discussão crítica e teorética sobre a escrita e a literatura são aspectos que documentam, com grande autenticidade, a conjuntura histórica da época, e que manifestam um raro sentido crítico, uma dimensão cívica, e um vigor intelectual admiráveis. Trindade Coelho foi um grande escritor e um homem sério que cultivou a liberdade e que praticou e defendeu a justiça. 

Finalmente, a correspondência revela um transmontano amante da sua terra e da sua gente, generoso para com os seus conterrâneos, e com uma fervorosa vinculação do escritor e da sua criatividade literária às raízes do saudoso pátrio lar. 

#Telmo Verdelho 

*********** 

CURRICULUM VITAE 

Telmo Verdelho (1943/11/1). 

1.1. Licenciatura em Filologia Românica; doutoramento em Linguística Portuguesa, agregação em História da Língua.  

1.3. Professor Catedrático (Universidade de Aveiro) aposentado. 

1.4. Actividade docente 

— Universidade de Aveiro (1977 — 2007) 

— Bolseiro do Governo Francês (1980-84) na Universidade de Paris IV (Sorbonne). 

— “Chargé de conférences”, na Ecole Pratique des Hautes Etudes, em Paris, (1984). 

— Professor Convidado, na Universidade de Paris IV (Sorbonne) (1991/92).  

— Professor Visitante na Universidade de Santiago de Compostela em 2000/2001 

— Professor Convidado na Universidade da Corunha (2004/2005). 

1.5. Participou em várias dezenas de encontros científicos com apresentação de comunicações; integrou muitos júris de concursos e de provas académicas, e orientou e continua a orientar teses de doutoramento e de mestrado nas áreas da linguística, da filologia e da história da cultura.  

1.6. Coordenou vários projectos de investigação, o último dos quais, financiado pela FCT, sob a referência de “Corpus” Lexicográfico do Português”, mantém na Internet um portal com a abundante informação sobre os dicionários e a lexicografia portuguesa. 

1.7. Foi distinguido com o primeiro prémio da Sociedade de Língua Portuguesa e Instituto do Livro (1981) 

  

 Principais publicações: 

  

Além de inúmeros artigos versando temas da sua especialidade, publicou os seguintes livros: 

As Palavras e as Ideias na Revolução Liberal de 1820. Coimbra, INIC, 1981. 

Índice reverso de “Os Lusíadas”. Coimbra, Biblioteca Geral da Universidade, 1981. 

As origens da gramaticografia e da lexicografia latino-portuguesas. Aveiro, INIC, 1995. 

Dicionarística portuguesa: inventariação e estudo do patrimómio lexicográfico. (em colaboração com João Paulo Silvestre, Aveiro: Universidade de Aveiro, 2007.  

O encontro do português com as línguas não europeias, exposição de textos interlinguísticos. Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal, 2008. 

 

Posted in A Nossa Gente, Livros, Poesia e Literatura | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Lançamento de “Passagens e Afectos”

Posted by ntmad em 22 05 2009

Na próxima sexta-feira, dia 22, pelas 18,30 horas, terá lugar na sede da CTMAD a cerimónia do lançamento do livro “PASSAGENS e AFECTOS” da autoria do  associado João de Deus Rodrigues.


Será servido um Douro d’Honra.

Posted in A Nossa Gente, Festas e Eventos, Livros | Leave a Comment »

“Grande Cancioneiro do Alto Douro” vol. II

Posted by ntmad em 1 02 2009

A Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa promoveu na Sede, em 13 de Dezembro último, a apresentação multimédia do segundo volume do GRANDE CANCIONEIRO DO ALTO DOURO*, do associado Altino Moreira Cardoso, violinista do antigo Grupo de Cantares da Casa. Além de muitas e variadas músicas tradicionais, foram projectadas belas fotos do Douro e importantes dados histórico-literários.

Às cantigas da Vinha do primeiro volume juntam-se agora músicas instrumentais de Tuna, de Natal, de Reis, de Embalar, Rimances (a maior parte medievais), cantigas do Trabalho, Religiosas, Desgarradas (cantigas ao desafio).

Trata-se de um projecto apaixonante, erguido em largos anos, com cerca de 1150 músicas, letras e um grande estudo histórico-literário, em 3 grossos volumes, cada um com 640 páginas.

Do Volume III, a sair brevemente, constará uma análise histórico e literária dos poemas mais valiosos das nossas cantigas, nomeadamente o enquadramento dos vestígios das Cantigas Populares de Amigo medievais nas circunstâncias históricas que, quase providencialmente, ligaram a fundação de Portugal ao Conde D. Henrique (natural da Borgonha e primo de São Bernardo, o implantador de Cister no vale do Varosa e depois em Alcobaça)  e a Egas Moniz, senhor destas terras, em cuja Casa, em Britiande (Lamego), foi criado D. Afonso Henriques (órfão aos 3 anos) e seu filho D. Sancho I.

Acresce ainda que nessa mesma altura foi erigida a Catedral de Santiago de Compostela, cuja força militar está sobejamente documentada na ajuda a Portugal e, culturalmente, na difusão das belíssimas Cantigas do galego-português estudadas nas nossas Escolas – que ainda hoje mantêm vestígios flagrantes de continuidade em muitas letras das nossas cantigas populares, como este Grande Cancioneiro demonstra de modo muito claro.

A presença da Borgonha significa que as melhores castas, tecnologias vitivinícolas e organização empresarial (‘boa cepa’, a Borgonha) vieram com S Bernardo e a Ordem de Cister para o Douro de Egas Moniz, já desde o século XII.

Os ‘vinhos de Lamego’ precederam a saga dos ‘vinhos do Porto’, antes da demarcação da Região, logo que a excelente e abundante produção do vale do Varosa começou a ser comercializada e exportada, através da barra do Douro. Centenas ou milhares de pipas, ainda na Idade Média.

Torna-se evidente que os mosteiros e empresas cistercienses do eixo Lamego-Tarouca assumem um estatuto cultural, económico e patriótico ímpar na História, na Economia, na Gestão do novo Reino e na Cultura de Portugal.

Ainda hoje o espumante Murganheira conserva no seu logotipo a nobre Flor-de-lis do Conde D. Henrique e dos Duques de Borgonha e Reis de França.

Na nossa Terra existe uma Cultura de grande profundidade histórica, em todos os aspectos da actividade humana; e o nosso Douro não é só o vinho, das vinhas saibradas pelos galegos, mas também as suas e nossas belas e milenares cantigas tradicionais.

Divulgar o que é nosso é um Dever de pessoas de cultura e comunicação.

 __________________________________________________
*Edições Amadora-Sintra

Posted in Livros | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

“Gostaria de morrer naquela noite”

Posted by ntmad em 24 01 2009

Um livro de Fernando Chiotte

por Antònio Cepêda

Acompanhado do seu editor Alexandre Gabriel da Zéfiro, esteve o autor na nossa Casa, no passado dia 6 de Novembro, tal como anunciado no anterior nùmero do NTMAD, para lançar e promover o seu mais recente livro, intitulado “Gostaria de morrer naquela noite”.

Embora a assistência pecasse por reduzida, nem por isso se escusou Fernando Chiotte a falar-nos, em tom familiar e coloquial, sobre os acontecimentos que sustentaram a atmosfera criada no seu romance. Na sessão, que não podia deixar de enfatizar as suas raìzes brigantinas, foram tecidas resumidamente as principais tramas que enformam o livro e ficou aberta a a garrafa de onde brotarâo, para os leitores, as sensaçôes e as vivências que o autor pretende transmitir.

A CTMAD só pode estar agradecida a Fernando Chiotte por nos ter escolhido para a divulgação da sua magnífica obra que, desde então, se encontra à venda na nossa sede, ao preço de 15 €.

Parabéns, caro conterrâneo e votos de continuaçãoda sua profícua produção literária, a par, é claro, da exemplar e muito conceituada actividade médica que vem desempenhando.

__________________________________________________
Fernando Jorge Chiotti Tavares nasceu em Bragança a 11 de Novembro de 1936, tendo-se licenciado em 1967 pela Faculdade de Medicina de Lisboa. É especialista em Oftalmologia pela Ordem dos Médicos. Fez o cursos de pós-graduação em Laserterapia Oftalmológica, como assistente no Hospital Universitário de Gent, Bélgica. É Chefe de Serviço de Oftalmologia no Hospital de Santa Maria, aposentado. É também Presidente da Sociedade Portuguesa Interdisciplinar de Laser Médico. É sócio da SOPEAM – Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos. Autodidacta, trabalhou durante dois anos sob a orientação dos pintores Manuela Pinheiro e Vitor Belém. Os seus trabalhos figuram em colecções particulares em Portugal, Espanha, França, Inglaterra e Bélgica. Dedicou-se à escrita, e publicou o seu primeiro romance em Março de 2000, O Fechar do Círculo. Com esta obra ganhou o Prémio da Revelação-Ficção e Ensaio 1999 da SOPEAM. O seu segundo romance, com o título Cova de Lobo foi publicado em Outubro de 2001. Foi apelidado de “obra de fôlego” pelo Júri de Selecção de Novos Autores Portugueses 2001 do IPLB. Em Dezembro de 2003 foi publicado o seu terceiro romance Soltam-se as Amarras, tendo recebido a primeira menção honrosa da SOPEAM.

 

Posted in Livros | Com as etiquetas : | Leave a Comment »